Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Notificação judicial com o objetivo de parcelamento de dívida originária de cédula rural pignoratícia

Petição - Civil e processo civil - Notificação judicial com o objetivo de parcelamento de dívida originária de cédula rural pignoratícia


 Total de: 15.244 modelos.

 
Notificação judicial com o objetivo de parcelamento de dívida originária de cédula rural pignoratícia.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., por intermédio de seu (sua) advogado(a) e bastante procurador(a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência propor

NOTIFICAÇÃO JUDICIAL

em face de

....., pessoa jurídica de direito privado, inscrita no CNPJ sob o n.º ....., com sede na Rua ....., n.º ....., Bairro ......, Cidade ....., Estado ....., CEP ....., representada neste ato por seu (sua) sócio(a) gerente Sr. (a). ....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG nº ..... e do CPF n.º ....., pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

DOS FATOS

Em data de .... de .... de ...., o Notificante, sob ameaças de ver seu crédito abalado, foi coagido a firmar um documento, entitulado, Cédula Rural Pignoratícia, em favor da Notificada, sem contudo, ter-lhe sido dada a oportunidade de ler o conteúdo do referido documento, que na verdade, deveria referir-se à renovação de um empréstimo que havia feito junto à Notificada.

Ocorre que há dias passados, ao ler detidamente o documento assinado, cuja cópia segue em anexo, constatou que o mesmo não condizia com os termos anteriormente acordados, inclusive, na presença de testemunhas.

Consta no referido documento, que o crédito ali deferido, seria para aquisição de .... sacas de milho para trato de .... suínos da raça landrace, no Município de .... - ....

Ainda consta, que o Notificante ofereceu como garantia de 1º grau, .... vacas gersey, com .... kg, no valor de R$ .... (.... reais).

Ocorre que este jamais possuiu suínos, nem adquiriu milho, e muito menos possuiu vacas, razão pela qual, nunca autorizou que tamanhas mentiras, fossem escritas num documento, tal qual, a Cédula Rural Pignoratícia, que ora se contesta, e por conseguinte, sua eficácia jurídica, devendo ser considerada nula de pleno direito, face ao modo fraudulento e enganoso com que foi redigida.

O Notificante não está, nem pretende negar sua dívida. O que quer, isso sim, é pagar seu valor justo e real, corrigido legalmente, a partir de sua tomada de empréstimo original, com os acréscimos, correções e favores que são previstos em lei. Do contrário, como já dito, ajuizará competente ação, objetivando tornar nula a Cédula Rural Pignoratícia, porque elaborada com dados inverídicos, e portanto, de má-fé, como bem restará provado, em juízo, caso necessário.

DO DIREITO

Como prova de que está efetivamente disposto a pagar o que de "direito deve" - e tão somente isso -, propõe o parcelamento da dívida, não em sete anos como lhe facultava a lei - não lhe tivesse sido impedido e negado tal direito -, mas em doze parcelas mensais, até porque não possui qualquer bem penhorável, ganhando apenas para manter a subsistência de sua família.

A proposta supra, fica valendo pelo prazo de .... dias, contados do recebimento da presente, podendo a Notificada, manter entendimento diretamente com o Notificante, no Distrito de ...., em .... - ..., ou com seu procurador, no endereço já constante, pessoalmente, ou pelo telefone ....

DOS PEDIDOS

Face ao exposto, e para prover a conservação e ressalva de seus direitos, e manifestar, de modo inequívoco, a sua intenção de pagar a dívida, desde que recalculada com base no empréstimo originário, com juros e correções legais, requer a Vossa Excelência, com fundamento em dispositivos do Código de Processo Civil, seja notificada a ...., estabelecida na Av. .... n.º ...., na Comarca de .... - ...., na pessoa de seu representante legal.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Anulatória pois o referido imóvel foi vendido anteriormente para outra pessoa
Pedido de desarquivamento dos autos (02)
Ação declaratória, pleiteando-se a nulidade de cláusula contratual que prevê a devolução de valor
Interposição de embargos de terceiro, ante à ocorrência de constrição em bem imóvel do embargante
Agravo de instrumento de ação de busca e apreensão
Pedido do síndico para suspensão da execução
Ação anulatória de cobrança de multa contratual
Embargos à execução, sob alegação de excesso de execução
Pedido de julgamento antecipado da lide em ação de busca e apreensão decorrente de alienação fidu
Pedido de juntada de comprovante de despesas
Pedido de indenização em face de negligência de réu, contratado para gerenciar empresa
Contestação aos embargos de terceiro, na qual o embargado alega que houve fraude à execução