Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Ação declaratória de falsidade de documento

Petição - Civil e processo civil - Ação declaratória de falsidade de documento


 Total de: 15.244 modelos.

 

AÇÃO DECLARATÓRIA - FALSIDADE DE DOCUMENTO

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA M.M. ___ª VARA CÍVEL.

COMARCA DE ____________ - ___.

____________, brasileiro, solteiro, motorista, RG n.º ____________, CPF n.º ____________, residente e domiciliado em ____________, ___, por seu advogado in fine assinado, ut instrumento de procuração anexo (doc. n.º 01), com escritório situado à rua ____________, n°___, bairro ____, onde recebe intimações, vem, à presença de V Exa., com fundamento no artigo 4º, inc. II, do Código de Processo Civil, propor a presente AÇÃO DECLARATÓRIA visando a FALSIDADE DE DOCUMENTO em face de ____________, brasileiro, solteiro, maquinista, portador da Cédula de Identidade/RG sob o n.º ____________, residente e domiciliado na Rua ____________, n.º ____, ap. ____, Bairro ____________, nesta Cidade de ____________, em vista das seguintes razões de fato e de direito:

I) O requerido encontra-se de posse de um contrato de promessa de compra e venda referente a um imóvel de propriedade do autor, situado nesta cidade, à rua ____________, n°___, bairro ____, alegando tê-lo adquirido do requerente em data de __/__/__, através de contrato firmado diretamente com o requerente.

II) Tal documento já foi exibido a várias pessoas, dentre elas os Srs. ___________ e ___________, que leram o respectivo documento e tomando conhecimento de seu conteúdo vieram alertar o requerente. Este, por inúmeras vezes, tentou entrar em contato com o réu, para esclarecer tal assunto, mas restaram infrutíferas todas suas tentativas.

III) Sucede, Meritíssimo, que o requerente NÃO firmou tal documento, este sequer pretendia alienar o bem, que lhe pertence desde __/__/__, conforme escritura em anexo (doc. 02), sendo TOTALMENTE falso e fraudulento tal contrato que se encontra em poder do réu.

"Ex Positis", requer:

a) Que seja o réu citado para responder aos termos da presente ação, exibindo o respectivo contrato que se encontra em seu poder, com o fito de ser periciado;

b) O devido e legal prosseguimento do feito até final sentença, que haverá de reconhecer o presente pedido, de modo que se declare como falso tal documento;

c) A condenação do réu nos efeitos da sucumbência, com a remessa de cópia dos autos ao M.D. representante do Ministério Público, para que este tome as providências cabíveis ao caso;

d) Protesta-se pela produção de prova documental, testemunhal, pericial e inspeção judicial e de todos os meios probantes em direito admitidos, desde que moralmente legítimos e obtidos de forma lícita, especialmente o depoimento pessoal do requerido, sob pena de confissão se este não comparecer, ou, comparecendo, negar-se a depor.

ATRIBUI-SE À CAUSA, O VALOR DE R$ ______

Termos em que

P. Deferimento

____________, ___ de __________ de 20__.

p.p. ____________

OAB-RS/


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Interposição de agravo de instrumento, ante indeferimento de suspensão do processo por faleciment
Purgação da mora em despejo por falta de pagamento
Interposição de ação reivindicatória de imóvel
Contestação à cautelar ajuizada para sustação de praça (01)
Impugnação à contestação, em ação revisional de contrato de financiamento de crédito rural, sob a
Insurgência contra determinação judicial para pagamento de honorários periciais em ação de indeni
Contestação à ação de indenização por benfeitorias decorrentes de parceria agrícola
Agravo de instrumento de ação de interdito proibitório
Réplica de ação ordinária para revisão de contrato
Ação declaratória de ausência de cônjuge varão
Alvará judicial para venda de imóvel de ascendente a descendente
Ação de repetição de indébito decorrente de cobrança ilegal de taxa de seguro-incêndio, iluminaçã