Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Imobiliário Pedido de levantamento de penhora e de suspensão do processo para habilitação de interessados, ante o falecimento do réu

Petição - Imobiliário - Pedido de levantamento de penhora e de suspensão do processo para habilitação de interessados, ante o falecimento do réu


 Total de: 15.244 modelos.

 
Pedido de levantamento de penhora e de suspensão do processo para habilitação de interessados, ante o falecimento do réu.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

AUTOS Nº .....

....., brasileiro (a), cônjuge supérstite do réu ....., profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., por intermédio de seu (sua) advogado(a) e bastante procurador(a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência, nos autos de ação de cobrança onde figura como autor ....., expor e requerer o que segue.

DOS FATOS

A presente ação apresenta várias nulidades, as quais deverão ser sanadas para somente após haver o prosseguimento do feito, senão vejamos:

Conforme denota-se da petição inicial, o réu da Ação era o Sr. .... Quando do cumprimento do ato da citação do mesmo por oficial de justiça, este serventuário informou ao Juízo que o Réu estava morto, juntando inclusive certidão de óbito às fls. ...., dos autos.

Diante da informação do óbito do réu, o autor foi intimado por .... vezes consecutivas para se manifestar: em .../.../... (fls. ....) como em .../.../... (fls. ....), sendo que em nenhuma oportunidade se manifestou sobre o prosseguimento do feito face o falecimento do réu.

Somente em .../.../..., requereu a citação da viúva meeira, Sra. ...., a qual foi deferida pelo MM. Juízo em .../.../...

DO DIREITO

Ocorre, Excelência, que existe regra expressa no Código de Processo Civil dispondo que em casos de morte de qualquer das partes deve-se suspender o processo:

"Art. 265. Suspende-se o processo:
I - pela morte ou perda da capacidade processual de qualquer das partes, de seu representante legal ou de seu procurador."

06. O mesmo artigo, em seu parágrafo primeiro, dispõe ainda:

"Art. 265. Suspende-se o processo:
I - ... omissis ...
§ 1º. No caso de morte ou perda da capacidade processual de qualquer das partes, ou de seu representante legal, provado o falecimento ou a incapacidade, o juiz suspenderá o processo, salvo se já tiver iniciado a audiência de instrução e julgamento; caso em que:
a) ... omissis ..."

O entendimento jurisprudencial nesses casos é que a suspensão do processo é automática e se inicia no momento em que se dá a ocorrência do fato, até que se proceda a habilitação dos herdeiros, sendo desnecessária a abertura do inventário para a regularização da relação processual.

Em outras palavras, está eivado de erro o pedido do autor de simples citação da viúva meeira em virtude de negativa de abertura de inventário! Falecendo uma das partes o processo se suspende, nos termos do artigo 265 supra mencionado, até que se proceda a habilitação dos herdeiros nos termos do artigo 1.055 do CPC, não havendo necessidade de se aguardar a abertura do inventário para a regularização processual.

Em suma, necessário se faz para a regularização da representação processual a intimação dos herdeiros, conforme dispõe o artigo 1.055 do CPC.

Importante ressaltar também que a decisão que declara suspenso o processo tem efeito ex tunc e sendo nulos os atos processuais praticados após o falecimento:

"A suspensão do processo, em razão da morte de uma das partes, é automática e se inicia no momento em que se dá a ocorrência do fato, tendo a decisão que a declara efeito 'ex tunc' e sendo nulos os atos praticados após o falecimento." (RT 606/90, RJTJESP 84/160, JTA 88/97, 94/265, 112/162, 112/367).

DO DIREITO

Diante do exposto e considerando que já existe penhora sobre imóvel pertencente ao réu, requer a este MM. Juízo o levantamento do ato constritivo, com os conseqüentes cancelamentos do respectivo registro e da hasta pública, designada para o próximo dia .... de .... às .... horas, bem como a suspensão do processo até que o autor proceda a habilitação dos herdeiros, conforme determina o artigo 1.055 do CPC.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Imobiliário
Pedido de arbitramento de aluguel, referente ao interstício do término do prazo do contrato e a e
Ação reinvidicatória cumulada com pedido de desfazimento de construção e benfeitoria
Recurso de apelação perante o Juizado Especial Cível
Reforma
Rescisão unilateral de contrato de locação por má-fé
Ação de despejo por denúncia vazia (03)
Medida cautelar interposta para cancelamento de concorrência pública, tendo em vista a inadimplên
Direito imobiliário de denunciação à lide
Ação de despejo ante a descumprimento de prazo acordado para retirada de locatário, quando da com
Ação monitória em decorrência de multas condominiais vencidas e não pagas pelo devedor
Contestação em ação de despejo por falta de pagamento, apresentando pedido de purgação da mora me
Permuta de partes ideais de terreno por unidades edificadas com confissão de dívida (02)