Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Interposição de embargos de terceiro, sob alegação de que o imóvel foi adquirido do executado antes da execução

Petição - Civil e processo civil - Interposição de embargos de terceiro, sob alegação de que o imóvel foi adquirido do executado antes da execução


 Total de: 15.244 modelos.

 
Interposição de embargos de terceiro, sob alegação de que o imóvel foi adquirido do executado antes da execução, além de ser impenhorável por se tratar de bem de família.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

DISTRIBUIÇÃO POR DEPENDÊNCIA
AUTOS Nº ...../ EM APENSO

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., por intermédio de seu (sua) advogado(a) e bastante procurador(a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência interpor

EMBARGOS DE TERCEIRO

em face de

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

DOS FATOS

Procedida a penhora dos bens do executado, esta recaiu em bem imóvel de propriedade de ...., ora embargante, consoante auto de penhora e despacho designando o dia .... de .... de .... e .... de .... de .... para a venda judicial do bem.

Assim é que foi penhorada a casa de morada, situada na Rua .... nº .... e seu respectivo terreno, este formado pelo lote nº .... da quadra ...., do loteamento no Bairro ...., do Patrimônio ...., da ...., situado nesta Cidade, com área de .... m².

Ocorre, todavia, que referido imóvel, conforme é do conhecimento do exeqüente, foi adquirido de ...., por ...., através de Escritura Pública de Compra e Venda de Imóvel Urbano, lavrada em .... de .... de ...., tendo o comprador pago à vista, conforme prova a inclusa escritura, e registrado o imóvel em .... de .... de ...., no C.R.I. desta Comarca, por não possuir condições financeiras para efetivar o registro logo após a feitura do negócio (instrumento procuratório incluso), no entanto, o registro foi feito antes de realizada a penhora.

DO DIREITO

Mesmo que não houvesse o registro do imóvel em nome do requerente, os embargos são admitidos, neste sentido, in Código de Processo Civil Comentado, NELSON NERY JUNIOR e ROSA MARIA ANDRADE NERY, 2ª edição revista e ampliada - 1996, STJ 84:

"É admissível a oposição de embargos de terceiro fundados em alegação de posse advinda do compromisso de compra e venda de imóvel, ainda que desprovida de registro."

O imóvel contristado é o único imóvel próprio do casal e pela dicção da Lei nº 8.009/90 motivo suficiente para ser cancelada a penhora efetivada, "in verbis":

"Art. 1º O imóvel residencial próprio do casal, ou da entidade familiar, é impenhorável e não responderá por qualquer tipo de dívida civil, comercial, fiscal, previdenciária ou de outra natureza, contraída pelos cônjuges ou pelos pais ou filhos que sejam seus proprietários e nele residam, salvo nas hipóteses previstas nesta Lei.
Parágrafo único: A impenhorabilidade compreende o imóvel sobre o qual se assentam a construção, as plantações, as benfeitorias de qualquer natureza e todos os equipamentos, inclusive os de uso profissional, ou móveis que guarnecem a casa, desde que quitados."

O art. 1° da Lei n° 8.009/90 estipula que o bem de família não responderá por qualquer tipo de dívida. Assim, restando a inalienabilidade constituída, deve ser a penhora realizada cancelada.

Sendo o requerente, portanto, proprietário do imóvel, sendo este bem de família e estando na iminência de ver sua propriedade vendida judicialmente, vem com fundamento no inciso II do art. 1.047 do Código de Processo Civil opor os presentes Embargos de Terceiro, que pede sejam recebidos e julgados procedentes, a fim de que o referido imóvel seja exonerado da penhora, condenando-se o embargado nas custas processuais e honorários advocatícios, estes na base de 20% sobre o valor dado aos embargos.

DOS PEDIDOS

Para tanto, requer se digne Vossa Excelência determinar a distribuição por dependência a esse Juízo e a autuação em autos apensos ao processo nº ....

Requer que redetermine a citação de ...., no endereço indicado, para que acompanhe o processo e ofereça, sob pena de revelia e confissão quanto à matéria de fato, a impugnação que tiver, no prazo legal.

Protesta provar o alegado, se necessário, por todos os meios de provas em direito admitidos.

Dá-se à causa o valor de R$ .....

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Apelação de honorários de curador especial
Ação de indenização de manifestação sobre esclarecimentos do perito
Ação de resolução de contrato de compra e venda
Trata-se de ação de reintegração de posse contra comodatário em mora na entrega de imóvel
Pedido de alienação de imóvel em condomínio, requerendo seja marcado leilão para tanto
Ação de execução por quantia certa com base em título extrajudicial
Execução de hipoteca
Informação do número da conta corrente, para fins de depósito de alimentos
Pedido de reconhecimento de caducidade de cautelar de seqüestro
Ação declaratória incidental positiva de relação jurídica
Interposição de ação monitória, ante a falta de pagamento de serviços médicos
Recurso especial em face de contrariedade à lei federal