Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Ação de alimentos com desconto em carnê de benefícios

Petição - Civil e processo civil - Ação de alimentos com desconto em carnê de benefícios


 Total de: 15.244 modelos.

 

AÇÃO DE ALIMENTOS - DESCONTO EM BENEFÍCIO - INSS

EXCELENTÍSSIMA SENHORA DOUTORA JUÍZA DE DIREITO DA COMARCA DE ____________

Jurisdição cível

Ação de alimentos - desconto em carnê de benefícios

Justiça de graça

_________ e _________, brasileiros, menores impúberes, devidamente representados por sua mãe, ____________, brasileira, solteira, do lar, todos residentes e domiciliados na Rua ____________, nº ____, Bairro ____________, nesta cidade de ____________ pelo Procurador subfirmado, vêm, respeitosamente, a presença de Vossa Excelência, ajuizarem, a presente

Ação de Alimentos, sob o rito imprimido pela Lei nº 5.478 de 25.07.68, contra seu indigitado pai, aqui requerido alimentante,

_________, brasileiro, solteiro, aposentado, residente e domiciliado na Rua ____________, nº ____, Bairro ____________, cidade de ____________-UF. Para tanto, inicialmente expõem, o que entendem pertinente e relevante, requerendo, ao final, na forma que segue:

1.- Os alimentários demandantes nasceram para júbilo e regozijo de seus pais, respectivamente: _________, em ___ de ________ de _____, contando, atualmente, com (3) três anos de idade; e, _________, nascido em ___ de ________ de _____, contando, atualmente, com (1) um ano de vida. Vide em anexo, assentos de nascimento, documentos números 01, 02.

2.- Em que pese os genitores dos alimentandos, terem permanecido pelo interregno temporal de (04) quatro anos, em união estável, aludida convivência, teve seu exício no mundo fenomênico, no dia ___ de _______ corrente, por culpa exclusiva e única do demandado, o qual após ameaçar de morte a representante legal dos menores, abandonou de forma injusta e voluntária a morada comum, dirigindo-se para o Estado de ____________.

Desde a cisão da união estável, o alimentante pai, não mais se dignou a concorrer no sustento e manutenção dos filhos menores, (aqui alimentandos), em que pese admoestado a tanto.

A situação dos menores e de sua mãe é deplorável e contristadora, haja vista que carecem de forma premente da ajuda pecuniária paterna, visto que a genitora destes, não possui fonte de renda, (dedica-se em tempo integral no reparo dos neonatos) tendo que apelar para a comiseração de parentes e vizinhos, no intuito de suprir com as multifacetárias necessidades dos alimentários, aqui considerados, em sua tríplice dimensão de entes bio-psico-sociais.

Gize-se, que ambos os alimentários possuem ínfima idade, carecendo de acompanhamento diário e constante, o qual é realizado, de bom grado por sua morigerada mãe.

3.- Donde, percute inadiável, e impreterível a contribuição paterna, no intuito de prover-se os menores, em sua plúrimas e variegadas carências, as quais principiam com a alimentação propriamente dita, fluindo para aspectos concernentes a aquisição de indumentária, verba para compra de remédios, pagamento de médico pediatra (os infantes não possuem plano de saúde), verba para educação, verba para viabilizar tratamento dentário, etc.

Outrossim, a carência, verdadeira indigência de recursos dos menores, contraposta a franca disponibilidade financeira do requerido, obriga o último, na qualidade de pai, a pensionar os infantes, cotejado e provado para tanto, de forma inconcussa e irretorquível, o liame de parentesco que os une, em linha reta (primeiro grau), na relação ascendente-descendentes.

Aliás, o dever de concorrer no manutenção de filhos menores e indefesos, remonta aos tempos imemoriais, sendo, de vedro, sufragado pelo Direito Natural em preceito sagrado e personalíssimo e vem erigido pelo Direito Positivo vigente em norma cogente e imperativa, ex vi, do artigo 229 da Constituição Federal.

Gize-se, que o alimentante aufere aposentadoria do INSS, estimada em R$ ______ (_________) reais, afora realizar alguns biscates, com o que a renda líquida deste ultrapassa a casa dos (3) três salários mínimos mensais.

ISTO POSTO, com sede e ancoradouro no artigo 4º, et alii, da Lei nº 5.478 de 25.07.68, artigos 1.694 e 1.696 do Código Civil, artigo 734 do Código de Processo Civil, artigo 229 da Carta Magna, oferece para a seleta e dilúcida consideração de Vossa Excelência, os seguintes REQUERIMENTOS:

I - ALIMENTOS PROVISÓRIOS

(desconto em carnê de benefícios)

Arbitre, Vossa Excelência, na natividade da lide, in limine litis e inaudita altera parte, a título de alimentos provisórios, o valor equivalente a 50% (cinqüenta por cento) dos ganhos líquidos do requerido, determinando-se, em caráter de urgência, a extração de ofício (ar/r/mp) ao INSS, agência desta cidade, para que seja processado no carnê de benefícios do requerido segurado, ____________, filho de ____________ e de ____________, aludido desconto alimentar, sob forma mensal, cumprindo, a autarquia expedir ordem de pagamento em favor da genitora dos autores, para a percepção da pensão devida. Informa-se que o demandado aufere rendimentos mensais equivalentes a (3) três salários mínimos, aqui considerado (1) um salário de pensão e (2) dois salários provindos dos biscates que realiza.

II - DESIGNAÇÃO DE AUDIÊNCIA & CITAÇÃO POR PRECATÓRIA

Designe Vossa Excelência, audiência de conciliação, instrução e julgamento, intimando-se os alimentários, por intermédio de sua representante legal, bem como citando-se o requerido, por precatória, no endereço antes consignado, conclamando-o a contestar e ou anuir aos termos da presente demanda, sob pena de revelia, confissão e julgamento antecipado.

III - ASSISTÊNCIA JUDICIÁRIA

Defira Vossa Excelência, aos menores infantes, o benefício da justiça de graça, eis constituírem-se em pessoas, pobres, desafortunadas e carentes, compartilhando de idêntica sina sua denodada mãe.

IV- MEIOS DE PROVA

- Depoimento Pessoal do requerido, sob pena de confissão quanto a matéria de fato aqui articulada.

- Testemunhal, independentemente de prévio depósito de rol, e ou intimação pelo meirinho.

- Requisição junto ao Instituto de Previdência Social, dos ganhos auferidos pelo requerido, e se o mesmo aufere 13o salário.

V - MINISTÉRIO PÚBLICO

Intimação para todos os atos relevantes que comportar o feito, do ilustre e douto representante do Ministério Público, com assento nessa Comarca.

VI - PEDIDO FINAL

Ao final, requerem a procedência integral da presente ação, condenando-se o requerido pai, ao pagamento de pensão alimentícia em prol dos requerentes filhos, no valor equivalente a 50% (cinqüenta por cento) de seus ganhos líquidos, e ou, em (2) dois salários mínimos mensais, mantidas em ambas a hipóteses, o desconto em carnê de benefícios junto ao INSS, sendo devidos, ditos alimentos, a contar da citação válida, ex vi, do § 2º, do artigo 13 da Lei nº 5.478/68.

Arque o demandado com as verbas derivadas do princípio da sucumbência, se e somente se, contestar a demanda.

Estimando a presente R$ ______

Pede e espera deferimento.

____________, ___ de __________ de 20__.

____________

OAB/


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Embargos de declaração de ação de reparação de danos
Pedido de extinção do processo, ante o cumprimento de acordo por parte do réu
Ação de reintegração de posse de veículo - objeto de compra e venda com reserva de domínio - ante
Ação de rescisão contratual cumulada com perdas e danos
Cônjuge varão requer a interdição da esposa e a consequente curadoria da mesma, em razão de doenç
Prorrogação de prazo de apresentação do mandato
Pedido de revogação de mandato outorgado por instrumento público, requerendo-se a notificação do
Ação de despejo por extinção do contrato de trabalho
Anulatória pois o referido imóvel foi vendido anteriormente para outra pessoa
Pedido de declaração de ausência
Execução de pedido de expedição de carta precatória
Ação onde se requer a utilização de imóvel penhorado