Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Civil e processo civil Embargos à execução, em face de penhora no rosto dos autos, alegando-se excesso de execução

Petição - Civil e processo civil - Embargos à execução, em face de penhora no rosto dos autos, alegando-se excesso de execução


 Total de: 15.244 modelos.

 
Embargos à execução, em face de penhora no rosto dos autos, alegando-se excesso de execução.

 

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA ..... VARA CÍVEL DA COMARCA DE ....., ESTADO DO .....

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., por intermédio de seu (sua) advogado(a) e bastante procurador(a) (procuração em anexo - doc. 01), com escritório profissional sito à Rua ....., nº ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., onde recebe notificações e intimações, vem mui respeitosamente à presença de Vossa Excelência propor:

EMBARGOS DO DEVEDOR

em face de

....., brasileiro (a), (estado civil), profissional da área de ....., portador (a) do CIRG n.º ..... e do CPF n.º ....., residente e domiciliado (a) na Rua ....., n.º ....., Bairro ....., Cidade ....., Estado ....., pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

DOS FATOS

Os Embargantes, no processo de execução - autos n° ......, que nesse Juízo move o Embargado .................., sofreram penhora sobre crédito do executado perante a ..ª Vara Federal em autos de n° ..................., referente a empréstimo compulsório.

Ocorre que a referida execução é proveniente de um empréstimo que os embargantes firmaram junto aos embargados em .. de ........... de ...., no valor de R$ ............... ( ....................), a fim de aplicar este dinheiro na empresa - .........................................., os quais eram os únicos sócios componentes da sociedade acima.

Os Embargantes retiraram -se da sociedade em .. de .......... de ...., conforme documento da Junta Comercial do .........., sendo a sociedade assumida pelos Srs. ....................... e ....................., os quais eram conhecedores da situação econômica - financeira da sociedade, ficando através da alteração contratual sub-rogadas nos direitos e obrigações da sociedade.

A dívida chegou ao valor de R$ ......... ( ........................................), aplicados juros de .,..... % ao dia, sendo que a .ª Clausula diz que serão cobrados juros de .,.. % ao mês, sendo que no período de .. (.......) meses, foram cobrados ..,..% de juros (doc. anexo fls. 10 ), o que é um verdadeiro absurdo, em nenhum lugar do planeta, tem-se conhecimento de se exigir juros e correção e cifras estratosféricas, como no presente caso.

DO DIREITO

Na verdade o dívida deveria ter sido cobrado dos sócios que ingressaram na sociedade, o que foi informado ao embargado na época de retirada dos sócios, mas além disso o valor cobrado torna-se impagável e constitui em violação a função sócio-econômica dos contratos e o justo equilíbrio entre os contratantes.

Nos dias de hoje, a maioria dos Tribunais Pátrios começam a entender que os juros legais devem ser calculados como juros simples e não compostos, como as instituições de créditos têm fixado.

Para comprovar o valor correto da dívida, será necessário um cálculo discriminado dos juros cobrados, bem como uma perícia contábil sobre os valores.

A pretensão do Embargado se evidencia claramente pelo EXCESSO DE EXECUÇÃO, devendo Vossa Excelência impedir que a execução se faça, sob pena, de representar ao enriquecimento ilícito e o prejuízos irreparáveis ao patrimônio dos embargantes.

DOS PEDIDOS

Face ao exposto e estando seguro o Juízo com a penhora de fls.59 esperam os embargantes, sejam os presentes embargos recebidos e ao final julgados procedentes, para o fim de ser declarado o valor da execução e em conseqüência, insubsistente a penhora, com a condenação do embargado nas custas e honorários advocatícios.

Requer também a juntada da alteração contratual da empresa onde registra a retirada dos embargantes em ........../....

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Civil e processo civil
Autorização judicial para alienação do imóvel, no caso de viagem do herdeiro
Embargos de declaração para fins de pré-questionamento (03)
Pedido de suspensão do processo em face de tentativa conciliatória entre as partes
Ação de indenização em face de acidente de trânsito, em que se danificou o veículo utilizado pelo
Insurgência contra determinação judicial para pagamento de honorários periciais em ação de indeni
Ação de execução de obrigação de fazer
Execução de hipoteca
Ação popular de citação por edital
Mandado de segurança de contribuição sobre pró-labore
Pedido de seqüestro de veículo, ante inadimplência de contrato de compra e venda
Contestação à ação de reparação de danos, alegando-se ilegitimidade passiva, uma vez que a transp
Contestação à ação declaratória c/c repetição de indébito de multa condominial