Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Contratos Imobiliário Cessão de direitos aquisitivos

Contratos - Imobiliário - Cessão de direitos aquisitivos


 Total de: 15.244 modelos.

 
Escritura pública relativa à cessão de direitos.

 

ESCRITURA PÚBLICA DE CESSÃO DE DIREITOS

Saibam quantos esta virem que, aos dias do mês de ........... do ano de ............ nesta cidade de ................em meu cartório e perante mim, tabelião ........., compareceram como outorgante cedente e empreiteiro ............... (qualificação etc.), e como outorgada cessionária .............. (qualificação etc.), assistida por seu marido ................ (qualificação etc.), todos domiciliados nesta cidade, pessoas minhas conhecidas e das duas testemunhas no final nomeadas e assinadas, as quais também conheço, do que dou fé, bem como de que desta escritura farei enviar nota, na forma da lei, ao competente registro de distribuição. E, perante as mesmas testemunhas, pelo outorgante cedente me foi dito:

1) que por escritura de promessa de venda, com quitação total de preço, 1avrada nestas notas, no Livro ........., fls. ........... n. ........., aos ..........de ..........de ........, devidamente registrada no Ofício de Registro Geral de Imóveis, a fls. .........do Livro n. ........, sob o número de ordem ....., aos de ....... de ........ prometeu e se obrigou a comprar, de modo irrevogável e irretratável, a ........... e sua mulher ..........., o prédio e respectivo terreno à rua ............fl na freguesia de ..........., desta cidade, sendo que o terreno mede em sua totalidade ..............metros de largura nas linhas de frente e fundos por metros de extensão por ambos os lados, confrontando à direita com........., a esquerda com .........e nos fundos com

2) que ele outorgante, já demoliu o prédio que existia no aludido terreno e nele fará construir um edifício na modalidade do condomínio previsto na Lei n. 4.591, de 16 de dezembro de 1964, de acordo com plantas e especificações que são do conhecimento da outorgada, sendo que desse edifício constará, dentre outros, o apartamento n ......., no ................. pavimento, dividido em ................(especificar as peças respectivas), e ao qual corresponderá a fração ideal de ............. do respectivo terreno e partes comuns;

3) que ele, outorgante, assim como possui os direitos à compra do imóvel mencionado, pela presente e na melhor forma de direito, cede e transfere à outorgada seus direitos aquisitivos sobre a fração ideal correspondente a ............. de terreno, pelo preço certo e ajustado de ........... reais, já recebido, conforme confissão feita, perante mim e testemunhas, o que porto por fé, e do qual dá quitação à outorgada, obrigando-se ainda a construir para a mesma outorgada o apartamento n. ... mencionado, mediante as cláusulas e condições seguintes:

Primeira - O preço ajustado para a construção do apartamento referido é de reais, por conta do qual o outorgante já recebeu da outorgada, como início de pagamento, a quantia de ........... reais, conforme confissão feita perante mim, tabelião, e testemunhas, o que porto pôr fé, e de cuja quantia dá quitação à outorgada, que se obriga a pagar-lhe os restantes reais da seguinte maneira (especificar).

Segunda - A outorgada dá ao outorgante, ou a quem ele indicar por ocasião da escritura definitiva de venda, que será celebrada dentro de dias a contar desta data, em primeira e especial hipoteca convencional, a fração ideal de terreno e o apartamento a ser construído, tudo de acordo com as cláusulas e condições usuais em contratos dessa natureza, correndo as respectivas despesas por conta da outorgada.

Terceira - Durante a construção, e enquanto não houver sido constituída a hipoteca, se a outorgada se atrasar no pagamento de qualquer das parcelas contratuais, por mais de dias, poderá o outorgante, além da cobrança de juros de mora, ceder e vender a terceiros a fração de terreno e benfeitorias, revertendo as importâncias pagas pela outorgada em favor do outorgante, a título de multa compensatória.

Quarta - No caso de paralisação das obras, ficará a outorgada com direito de sustar o pagamento das prestações contratuais, até o reinício dos trabalhos.

Quinta - Qualquer modificação pretendida pela outorgada durante a construção ficará sujeita à prévia aprovação do outorgante, que apreciará sua exeqüibilidade e fixará o custo respectivo. Sexta - A outorgada se obriga a assinar, logo que solicitada, a escritura de convenção entre condôminos, a cujas despesas concorrerá pro rata.

Sexta - A outorgada poderá fiscalizar a execução das obras, por si ou por interposta pessoa, tendo para isso livre acesso às mesmas.

Sétima - Salvo motivo de força maior devidamente justificado e comprovado, aceito em lei e independente da vontade do outorgante, o apartamento será entregue à outorgada dentro do prazo de a contar desta data.

Oitava - As partes contratantes, de comum acordo, dão às obrigações ora assumidas o caráter de irrevogáveis e irretratáveis, por si, seus herdeiros e sucessores, desistindo, assim, desde já, da faculdade de arrependimento de que trata o art. 420 do Novo Código Civil, elegendo o foro desta cidade para a solução de qualquer dúvida oriunda deste contrato.

Nona - A outorgada assume nesta data a posse, uso, gozo e administração da fração aludida e, em conseqüência, assume também todos os ônus e vantagens da mesma decorrentes.

Décima - Todas as despesas decorrentes da construção correrão por conta do outorgante, que também se obriga a apresentar os documentos necessários à lavratura da escritura definitiva de venda, inclusive certidões negativas, correndo entretanto por conta da outorgada as despesas com escrituras, selos, registros, imposto de transmissão e qualquer outro que venha a ser devido pela transação ajustada.

Décima Primeira - Todos os pagamentos referidos neste contrato deverão ser efetuados na residência do outorgante ou onde por ele for indicado, nesta cidade.

Décima Segunda - Os direitos decorrentes do presente contrato só poderão ser cedidos e transferidos com expressa anuência do outorgante. Pela outorgada, então, foi dito que aceita a presente tal como se acha redigida. Selado com ..........reais. E, de como assim o disseram, do que dou fé, pediram-me este instrumento, que lavrei, outorgaram, aceitaram e assinam, depois de lhes ser lido e às testemunhas e .......... a todos presentes.

E, por estarem firmados

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

____________________
TABELIÃO

____________________
INTERESSADOS

____________________
TESTEMUNHAS(1)
CPF:
____________________
TESTEMUNHAS(2)
CPF:


Veja mais modelos de documentos de: Contratos - Imobiliário
Empréstimo de imóvel residencial (03)
Compra e venda de imóvel, cuja propriedade será transferida, após a compensação dos cheques emiti
Renovatória de locação - Apelação de decisão, na qual se deliberou pela decadência
Compra e venda de imóvel residencial - Recibo de sinal
Ação de cancelamento de averbação em registro de imóveis, em face de inadimplência por parte de c
Compra e venda de imóvel, cuja propriedade será transferida, após o pagamento das parcelas refere
Requerimento de juntada de documentos, junto ao juízo monocrático, que comprovam a interposição d
Contestação à ação de reintegração de posse com preliminar de impossibilidade jurídica do pedido.
Ação de reintegração de posse, com pedido de liminar, cumulada com perdas e danos
Ação preventiva de demolição - Prédio em perigo de desabamento
Compra e venda de imóvel, com reserva de domínio
Prestação de fiança a pessoa jurídica de direito privado