Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Carreira / Emprego - Só termina quando acaba 

Data: 01/02/2009

 
 

“Muitos dos fracassados são homens que não se deram conta do quão perto estavam do sucesso quando desistiram.” Essa frase, de autor desconhecido, resume bem o que penso da construção de uma jornada bem-sucedida. O sucesso é feito à base de perseverança, ou seja, de não aceitar desistir pelo menos enquanto não chegar ao fim.

Parar ou continuar?

Eu acredito que é aqui que está o grande problema para muitos: “Onde está o fim de um desafio?”, “Como saber se já cheguei até onde eu podia ir?”, “Como saber se ainda devo continuar tentando?”.

Bem, existem duas situações clássicas a serem analisadas nessa questão. A primeira é quando você estabelece um objetivo, mas não define claramente uma meta, o que lhe serviria como uma referência para lhe posicionar quão distante você ainda está do fim. Por exemplo: você não definiu uma data final, uma reta de chegada, um lugar ou um cargo a ser alcançado. Nessa situação, você não sabe claramente se o fim já chegou ou não. No outro caso, no qual vamos nos deter mais detalhadamente, você já deixa claro para si onde ou até quando quer ir. Por exemplo: você definiu uma marca pessoal de vendas, financeira ou no estudo, mas também definiu que iria consegui-la até o fim do ano.

Por enquanto, tudo certo. Então, vem o inadmissível: você ainda não chegou ao fim do ano, no exato dia 31, e, simplesmente, quer desistir porque ainda não alcançou o que desejava ou, pior ainda, porque acredita que não conseguirá. Ou seja, como um peru que morre na véspera da festa e, assim, não está vivo para a comemoração. Ora, isso é exatamente o que chamamos de suicídio antecipado.

Você simplesmente decidiu antecipar o seu fim, condenando-se ao fracasso. E a exemplo da frase, no início do artigo, fracassa sem jamais ter a certeza se poderia ter sido bem-sucedido, porque simplesmente não se permitiu ir até o fim. Será esse o seu caso? Ainda não chegamos ao final do ano e você já desacelerou ou, até mesmo, já puxou o freio de mão? Se assim for, leia o que segue.

Não perca na reta final

Certa vez, estava em uma das muitas corridas de rua que participo e faltando uns 200 metros para a linha de chegada, dei uma acelerada típica de final de prova, na ânsia de baixar alguns segundos do meu tempo. Quando menos espero, vejo que, ao meu lado, um outro corredor também usa sua última força para me ultrapassar na reta final.

Ele passa, eu tento acompanhá-lo, mas não tenho êxito. Entretanto, poucos metros depois, e ainda antes da linha de chegada, ele desacelera, achando que eu já tinha ficado para trás. E ele relaxa, talvez dizendo para si mesmo: “Já consegui o que queria”. E, para surpresa dele, faltando aproximadamente 20 metros antes da linha de chegada, eu o ultrapassei, não dando a ele tempo de reação. Chegamos exaustos à fila para o recebimento das medalhas e ele, rindo, reconheceu o erro cometido. Eu também ri, pois aquilo era somente uma grande festa em que não cabiam ressentimentos, apenas disse para ele algo que, às vezes, ouvi de alguns menos esclarecidos, mas muito sábios, e não conseguia compreender sua perfeita aplicação: “A verdade é que só termina quando acaba”. Rimos juntos e, até hoje, ele lembra a situação quando nos encontramos em outras provas.

Em outra ocasião, fazendo uma palestra motivacional para o time do Fortaleza, antes da partida final pela disputa do campeonato, lembrei aos atletas este princípio: só termina quando acaba. O time chegou ao 1 x 0 aos 46 minutos do segundo tempo. Levou a partida para a prorrogação e venceu o campeonato com um “golden goal”. A minha felicidade foi enorme ao ver que alguns jogadores e o presidente do clube, em suas entrevistas, repetiam o coro que tínhamos ensaiado nas preleções: só termina quando acaba.

E você, parou por quê? Por que parou? Por acaso já acabou o prazo que você tinha estabelecido para ser um campeão, para alcançar a vitória tão desejada? Se não, então não termine. Continue! Seu sucesso agradece.



 
Referência: E-Zine Liderança
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Carro / VeículoPensando em contratar seguro para autos?
Negócios / EmpreendedorismoFidelidade em curto prazo é importante fator de relacionamento com clientes
Carreira / EmpregoSua atitude determina sua altitude
MotivaçãoAuto-estima: Por que é fundamental que você se preocupe com a sua?
Ações / Bolsa de ValoresPOP: Saiba mais, ideal para quem teme perder com o mercado de ações
Modelos de documentosProcuração para Requerimento de registro de Produtos e Autorização de funcionamento de empresas na área de saúde
CambioBanco Central: Qual é o papel no mercado de câmbio?
LeisNovo Código Civil ? Lei nº 10.406 de 10/1/2002 (Parte Especial) »»» Livro IV - Do Direito de Família »»» Título II - Do Direito Patrimonial
Currículo (curriculum)Os maiores mitos sobre o Curriculum Vitae
Banco / Cheque / ContaConta-corrente: é possível administrar duas sem perder dinheiro