Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Dívidas / Endividado ? - Conheça os tipos de endividados e saiba evitar essa situação 

Data: 08/10/2007

 
 
O endividamento é uma realidade que aprisiona milhares de brasileiros. Independentemente do salário recebido, a compulsão pela compra, conhecida como consumismo, atinge qualquer pessoa, e engane-se quem pensa que o consumismo é o mesmo que consumo.

O consumo é um conceito de necessidade e é considerado saudável, mas é preciso manter a atenção para que não se torne uma armadilha, tornando-se um vício ou uma necessidade constante.

A escritora e consultora Márcia Tolotti, em palestra na ExpoMoney 2007, afirmou que o consumismo é o culpado pelo endividamento. "O endividado é aquela pessoa que se joga para um risco. Ela não sabe como vai pagar, mas mesmo assim compra".

Endividados
Os endividados são classificados em três categorias:
  • Ativo: é aquela pessoa que está constantemente contraindo dívidas e alega que teve imprevistos;
     
  • Sobreendividado: é o equivalente a um falido. Estoura o cheque especial, realiza inúmeras parcelas no cartão de crédito, além de empréstimos;
     
  • Passivo: este é o endividado que realmente passou por um imprevisto, seja ele doença, acidente, desemprego, morte ou separação.
Armadilhas
A satisfação plena e constante não existe, a frustração faz parte da vida de qualquer ser humano e os problemas não serão resolvidos durante as compras, segundo explica a escritora.

Pensando nisso, o ideal é ter cuidado para não cair nas armadilhas do consumo e não buscar desculpas para gastar dinheiro.

Para Márcia Tolotti, as causas afetivas são as principais culpadas que levam ao endividamento. "O consumismo atinge a pessoa quando o emocional está abalado", alega a consultora.

Sem dívidas
Educar-se financeiramente, não fazer muitas parcelas no cartão de crédito, não utilizar o cheque especial e nem realizar financiamentos longos são algumas dicas para que a dívida não chegue perto.

Para conseguir "sair do buraco" e se livrar do endividamento, o primeiro passo é reconhecê-lo. Fazendo isso, crie um método de controle, como uma planilha. Coloque todos os gastos feitos numa tabela e regule suas finanças.

"Para surgir um investidor é preciso que o gastador saia de cena", finaliza Márcia.


 
Referência: -
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
Turismo / ViagensViagem de férias: cuidado com os preços da alta temporada!
Carreira / EmpregoConheça os cinco sinais que indicam que você não é um bom chefe
Carreira / EmpregoImportante para empresas, CNO é pouco conhecido; você sabe quem é ele?
Carreira / EmpregoManual do Gerente Incompetente
Negócios / EmpreendedorismoO Melhor Marketing do Mundo!
Turismo / ViagensComo fazer seu bolso sobreviver às "comprinhas" de viagem?
Carreira / EmpregoPor que alguns profissionais têm medo da liderança?
Carreira / EmpregoDia do Relações Públicas: saiba mais sobre salário e áreas de atuação
Carreira / EmpregoE se o seu líder for da Geração Y? Confira como eles agem
Finanças pessoaisBalada exige planejamento! O que fazer para garantir a diversão sem prejuízo?