Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Você está em:   IGF Modelos de documentos Petição Penal Contra-razões de apelação, requerendo-se a manutenção de sentença que condenou os réus pelo crime de contrabando de armas e entorpecentes

Petição - Penal - Contra-razões de apelação, requerendo-se a manutenção de sentença que condenou os réus pelo crime de contrabando de armas e entorpecentes


 Total de: 15.244 modelos.

 
Contra-razões de apelação, requerendo-se a manutenção de sentença que condenou os réus pelo crime de contrabando de armas e entorpecentes.

 

EXCELENTÍSSIMO SENHOR DOUTOR JUIZ DA ..... VARA CRIMINAL DA JUSTIÇA FEDERAL DA SUBSEÇÃO DE .... - SEÇÃO JUDICIÁRIA DO .....

AUTOS Nº .....

O Ministério Público Federal, pela Procuradora da República que esta subscreve, vem, no exercício de suas atribuições legais, oferecer

CONTRA-RAZÕES DE APELAÇÃO

pelos motivos que seguem anexos, requerendo, para tanto, a posterior remessa ao Egrégio Tribunal competente.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]




EGRÉGIO TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA ..... REGIÃO...

ORIGEM: Autos sob n.º .... - .... Vara Criminal da Justiça Federal de .....
Apelante: ....
Apelado: ....

O Ministério Público Federal, pela Procuradora da República que esta subscreve, vem, no exercício de suas atribuições legais, oferecer

CONTRA-RAZÕES DE APELAÇÃO

pelos motivos de fato e de direito a seguir aduzidos.

CONTRA-RAZÕES

Colenda Corte
Eméritos julgadores

DOS FATOS

Trata-se de recurso de apelação interposto por ...., visando modificar a r. sentença de fls. ...., através da qual foi condenado pela prática do delito previsto no artigo 334, § 1º, alínea "c" do Código Penal, a pena privativa de liberdade de .... anos e .... meses de reclusão, cujo regime inicial de cumprimento é o semi-aberto.

Em suas razões de fls. ...., pleiteia o apelante a sua absolvição, alegando insuficiência de provas que justifique a decisão condenatória.

Da análise dos autos, vê-se que os argumentos expendidos pelo sentenciado não devem ser aceitos, merecendo a r. sentença proferida no juízo a quo plena confirmação.

A fundamentação do apelante não é digna de crédito, porque ficaram plenamente demonstradas, tanto a materialidade quanto a autoria delitivas.

A farta quantidade de armas de fogo, descritas no auto de exibição e apreensão (fls. .... e ....), encontrada na residência do apelante, sem estar acompanhada da devida documentação legal que prova a sua regular internação em território nacional, bem como os laudos periciais de fls. ..../...., comprovam a materialidade delitiva.

DO DIREITO

Não resta dúvida quanto à autoria delitiva que ficou demonstrada pela confissão do apelante, ao ser preso em flagrante delito, que confirmou que policiais .... apreenderam vários papelotes de .... e de ...., e ainda várias armas de fogo sem a devida documentação que seriam fornecidas a .... e ...., assaltantes de .... (fls. ..../....).

.... prestou declarações em sede policial, afirmando que foi o próprio depoente quem comprou algumas armas no .... e as vendeu a ...., que sempre se dirigia até à casa do declarante com o intuito de adquirir tais armas (fls. ....).

...., esposa do apelante, declarou às fls. ...., que .... fornecia todos os tipos de armas para seu marido, a fim de que este as entregasse a .... e .... para que realizassem roubos a .... (fls. ..../....).

Em sede policial, ...., novamente, confessou que armas, munições e outros objetos discriminados nas fls. ...., encontrados e apreendidos em sua residência são de origem estrangeira, sem, no entanto, possuir a documentação necessária para seu ingresso no país (fls. ....).

No decorrer da instrução, em seu interrogatório judicial de fls. ..../...., .... negou os fatos a ele imputados; informou que as armas apreendidas em seu poder faziam parte de sua "coleção" e que só conheceu "...." ao ser preso; alegou ainda, que as informações prestadas em sede policial foram obtidas mediante coação.

As alegações feitas pelo apelante não merecem ser acolhidas, pois não há nos autos, prova de suposta "coação" sofrida por este.

As declarações do próprio apelante, de .... e de .... reforçam a prova da autoria delitiva.

DOS PEDIDOS

Diante do exposto, o Ministério Público Federal aguarda seja negado provimento à apelação ora respondida, por lhe faltarem fundamentos fáticos e jurídicos, acolhendo-se, outrossim, as Contra-Razões de apelação deste órgão ministerial.

Nesses Termos,
Pede Deferimento.

[Local], [dia] de [mês] de [ano].

[Assinatura do Advogado]
[Número de Inscrição na OAB]


Veja mais modelos de documentos de: Petição - Penal
Recurso e razões de negativa de autoria de furto simples tentado
Razões ao recurso de qualificadora e legítima defesa putativa
Pedido de liberdade provisória, sob alegação de bons antecedentes por parte do réu
Requerimento de revogação de prisão preventiva decretada pela ausência do réu em interrogatório
Requerimento para instauração do inquérito policial para apuração dos fatos (03)
Requerimento de liberdade provisória para crimes sujeitos à Lei nº 9.099/95
Alegações finais pelo acusado, aduzindo a inexistência de apropriação indébita
Contra-razões de furto de vítima que apresentava negativa em juízo
Procuração com cláusula ad juditia
Revogação de prisão preventiva em homicídio
Defesa ante realização de falta, perante o Conselho Disciplinar de Colônia Penal Agrícola
Interposição de alegações finais, em face de crime de homicídio cometido em legítima defesa