Clique aqui para ir para a página inicial
 

Pular Links de Navegação
»
Home
Contato
Calculadoras
Consultoria
Conteúdo
Cotações
Perfil/Testes
Serviços
Parceiros
Mapa site
[HyperLink1]
Cadastrar
 
    
Assuntos

Total de artigos: 11132
    

 

 

Carreira / Emprego - Trabalhar mais de 40 horas por semana pode prejudicar a saúde, revela pesquisa 

Data: 14/07/2008

 
 

Com muitas atividades a fazer, as pessoas acabam por estender o horário de trabalho. Mas os efeitos da prática para a saúde são negativos, segundo mostrou estudo realizado pela Agência de Saúde Pública de Barcelona, que teve como objetivo principal revelar os impactos das longas jornadas de trabalho em homens e mulheres.

De acordo com os dados, devido às longas jornadas, os homens costumam dormir menos de seis horas por dia, tempo considerado insuficiente para o descanso. As mulheres, por sua vez, sofrem mais consequências negativas: têm insatisfação com o trabalho, sintomas de ansiedade e depressão, maior probabilidade de fumar, hipertensão e não fazem exercícios físicos no tempo livre.

A pesquisa intitulada "Perspectiva de gênero na análise da relação entre longas jornadas de trabalho, saúde e percepção do próprio estado de saúde" foi realizada com 2.792 pessoas.

Maior incidência
Da população estudada, os homens têm carga horária maior, já que 30,4% deles disseram trabalhar mais de 40 horas semanais, ante 17,1% das mulheres. Por outro lado, elas formam a maioria, quando o assunto é dedicação de mais de 20 horas semanais ao trabalho doméstico: 34,4%, ante apenas 9,2% deles.

Quanto às características socioeconômicas, são as mulheres de classes sociais menos favorecidas que tendem a trabalhar em jornadas mais longas. No caso dos homens, a constatação é exatamente contrária: trabalhar mais de 40 horas semanais é mais freqüente entre aqueles das classe mais favorecidas.

Uma maior proporção de mulheres separadas ou divorciadas cumpre longas jornadas de trabalho em relação aos homens nas mesmas condições - 5,8% delas e 2,2% deles.

Explicações
Se as mulheres sentem mais os efeitos das longas jornadas, a pesquisa concluiu que isso está muito mais relacionado ao fator tempo de trabalho do que às condições ruins de realização das atividades a que estão submetidas. Além disso, está menos ligado a maior quantidade de trabalhos domésticos que realizam.



 
Referência: -
Aprenda mais !!!
Abaixo colocamos mais algumas dicas :

Assunto:Perguntas:
ConsumidorComo se tornar um consumidor consciente?
Entrevista de empregoFalta coração à seleção de pessoal
Carreira / EmpregoVocê mantém contato com ex-colegas de uma empresa? Atitude ajuda na carreira
Carreira / EmpregoMenos estresse e mais conforto: que tal render-se ao transporte fretado?
Negócios / EmpreendedorismoQuadro de avisos: valorize esse recurso eficaz e de baixo custo
UtilidadesJurisprudência
Carreira / EmpregoRoubo de dados; como profissional pode evitar situação?
Defenda-seConstituição Federal - Dúvidas freqüentes : » Qual a principal garantia que a Constituição "oferece" aos contribuintes com relação a tributos? (art. 145 e seguintes)
Plano de NegóciosEmbalagem: uma poderosa ferramenta de marketing
SegurançaGolpistas virtuais utilizam CPF e nome completo de usuário para obter dados